Qual moeda levar para a Argentina?

A etapa que antecede a realização de qualquer viagem envolve o seu planejamento. Este é o momento em que escolhemos as melhores alternativas em hospedagem, alimentação e transporte. É fundamental aqui que seja pensado também qual moeda levar.

A moeda nacional utilizada na Argentina é o Peso Argentino. São também aceitos por alguns estabelecimentos o Real e o Dólar americano. Por mais óbvia que possa parecer a escolha, para descobrir qual a melhor moeda para a sua viagem, é importante ater-se a algumas informações.

Esta postagem reúne dicas, recomendações e sugestões sobre a melhor moeda a levar para a Argentina, considerando não apenas àquela utilizada localmente, mas também a cotação e as vantagens de cada escolha.

 

O Peso Argentino

Sendo a moeda nacional oficial do país, o Peso Argentino é, evidentemente, aceito por todos os estabelecimentos. No entanto, esta é uma moeda que apresenta grande oscilação no mercado e sofre variações em sua cotação devido a inflação que atinge a economia Argentina.

Se está planejando uma viagem para momentos futuros e desde já está efetuando a troca de moedas, acompanhe a economia local e aguarde pelo momento em que apresentarem uma baixa repentina. Você pode realizar a simulação de sua compra clicando aqui.

O Peso Argentino utilizado por pessoas físicas em suas viagens ao exterior, é o de turismo. Ele apresenta valores maiores que os do Peso Argentino Comercial, uma vez que a eles são adicionados os gastos de importação da moeda.

Se optar por levar o Peso para a sua viagem à Argentina, certifique-se de realizar a troca antes de chegar ao país. Considere que será necessário se locomover após a sua chegada e nem todos os serviços (táxi ou transporte coletivo) aceitam moedas estrangeiras.

Ainda, os cartões quando aceitos podem cobrar taxas extra que considerem a cotação diária do peso argentino. Por fim, não recorra à câmbios paralelos. Por mais que as taxas apresentem-se como vantajosas, está é uma prática irregular e ilegal.

 

O Real Brasileiro

Para o caso de sua viagem à Argentina, o real brasileiro pode não ser a moeda mais indicada. Com exceção do verão, quando os Argentinos buscam pelo real e a moeda apresenta cotações elevadas, o uso será extremamente limitado no território do país.

De fato, alguns estabelecimentos aceitam tanto o real quanto o dólar americano, mas você poderá limitar as suas alternativas ou estar sujeito à riscos, caso opte por fazer a troca em território Argentino.

 

O Dólar Americano

Ou dólar estadunidense é a moeda emitida e utilizada pelos Estados Unidos e alguns outros países. Ela pode revelar-se a melhor alternativa para a sua viagem à Argentina.

Um dos motivos que explicam a vantagem da utilização da moeda – não estamos considerando aqui, a sua cotação, verifique antes de realizar a sua compra -, é que além de ser aceita pelos principais estabelecimentos (devido à limitação de obtenção da moeda por medidas do governo), as chances de prejuízo ao retornar de sua viagem são mínimas.

Isto porque, o peso Argentino é uma moeda que apresenta oscilações violentas e uma quebra brusca neste intervalo de tempo, será um grande prejuízo a quem decidir converter as sobras da viagem ao retornar ao país.

Com o dólar, a história é outra: além da facilidade de sua conversão para o Real, eles poderão ser utilizado também em viagens futuras.

 

Afinal, qual a melhor moeda para levar para a Argentina?

Após feitas as considerações, destacamos aqui que sim: é possível utilizar as três moedas em território Argentino.

Como vimos, o real pode mostrar-se uma desvantagem, devido a limitação de seu uso. O peso argentino, um problema ao realizar a troca das sobras do dinheiro após o seu retorno e o dólar americano, a alternativa de menores riscos.

No entanto, será que o valor compensa?

Vamos supor que por dia, uma pessoa gaste em torno de 700 ou 800 pesos na Argentina. 1 real equivale 5,50 pesos argentinos, enquanto 1 dólar, representa 17 pesos argentinos.

Todos os valores apresentados consideram a data de hoje, mas lembre-se: é preciso realizar o acompanhamento diário, devido às oscilações sofridas pelas moedas citadas.

Tanto pela cotação da moeda, quanto pelas vantagens de sua utilização, recomenda-se a utilização do dólar americano em viagens à Argentina.

A moeda local, infelizmente apresenta fragilidades consequentes de um país que enfrenta um período de forte crise econômica. Este fator traz oscilações radiais ao peso, podendo gerar prejuízos para àqueles que optam por realizar a troca da moeda em território brasileiro.

O dólar, por outro lado, é uma moeda forte e sólida. Por mais que apresente variações, são poucas as possibilidades de ter-se prejuízo ao optar por comprar a moeda antes de sua visita à Argentina.

 

Considerações Finais

Feitos os apontamentos, na hora de decidir qual moeda levar para a Argentina, a dica fundamental é manter-se atento às cotações no momento de realizar a sua compra. É possível obter valores atualizados de todas as moedas através do portal da Câmbio Store.

Como vimos, realizar a troca pelo peso argentino em território brasileiro é a melhor alternativa a quem decide levar quantias – mesmo que menores -, da moeda oficial ao visitar o país.

Ainda que consideremos todas as questões a seu respeito, é fundamental que adquira uma quantia mínima da moeda para situações emergenciais e também por não ser obrigatório o recebimento em estabelecimentos comerciais do país.

É possível também fazer o uso do real na oferta de serviços e em alguns estabelecimentos argentinos, no entanto, a moeda encontra inúmeras limitações na Argentina, não sendo a melhor opção para a sua viagem.

Levar o real e tentar trocá-lo pelo peso argentino já estando no país, oferece riscos, uma vez que há um mercado paralelo com cotações variadas e falsificações da moeda. Caso opte por fazer desta forma, certifique-se de buscar por casas oficiais Argentinas.

Por fim, com o dólar americano, a situação a outra: ela é uma moeda forte e sólida. A própria situação política atual da Argentina, faz com que os comerciantes busquem por maneiras de obter o dólar sem que para isso estejam sujeitos às imposições do governo.

Já conhecendo as suas alternativas e ciente de quais são as suas vantagens e desvantagens, é hora de atentar-se as cotações e fazer a escolha que melhor atenderá às suas necessidades.

Segue nossos links rápidos sobre a Argentina:

Peso Argentino | Comprar Peso Argentino | Peso Argentino Hoje | Cotação Peso Argentino | Valor do Peso Argentino | Preço do Peso Argentino | Converter Peso Argentino em Real | Câmbio Peso Argentino | Peso Argentino Turismo | Peso Argentino Comercial | Peso Argentino Mais Barato | Peso Argentino Do Dia | Peso Argentino Agora | Quanto está o Peso Argentino | Quanto vale o Peso Argentino | Taxa do Peso Argentino | Peso Argentino Online | Peso Argentino Paralelo | Peso Argentino Ptax | Melhor câmbio do Peso Argentino | Quais são as formas de levar Peso Argentino para viajar | Comprar Peso Argentino Online é Seguro | Banco Central Peso Argentino | Peso Argentino UOL | Símbolo Peso Argentino

Segue a lista de estados e capitais atendidos pela Câmbio Store no Peso Argentino:

Acre (Rio Branco – AC) | Alagoas (Maceió – AL) | Amapá (Macapá – AP) | Amazonas (Manaus – AM) | Bahia (Salvador – BA) | Ceará (Fortaleza – CE) | Distrito Federal (Brasília – DF) | Espírito Santo (Vitória – ES) | Goiás (Goiânia – GO) | Maranhão (São Luís – MA) | Mato Grosso (Cuiabá – MT) | Mato Grosso do Sul (Campo Grande – MS) | Minas Gerais (Belo Horizonte – MG) | Pará (Belém – PA) | Paraíba (João Pessoa – PB) | Paraná (Curitiba – PR) | Pernambuco (Recife – PE) | Piauí (Teresina – PI) | Rio de Janeiro (Rio de Janeiro – RJ) | Rio Grande do Norte (Natal – RN) | Rio Grande do Sul (Porto Alegre – RS) | Rondônia (Porto Velho – RO) | Roraima (Boa Vista – RR) | Santa Catarina (Florianópolis – SC) | São Paulo (São Paulo – SP) | Sergipe (Aracaju – SE) | Tocantins (Palmas – TO)

//]]>