Não compre moedas estrangeiras em qualquer lugar! Entenda o porquê

Não compre moedas estrangeiras em qualquer lugar! Entenda o porquê

Se você está planejando uma viagem internacional, deve se preparar para fazer a compra de moedas estrangeiras. Todas as despesas precisam ser somadas para que você saiba exatamente de quanto dinheiro necessitará para o tempo em que passará fora do país.

Leve o máximo que puder de dinheiro em espécie e deixe para usar os cartões quando for realmente necessário. O IOF (Impostos sobre Operações Financeiras) cobrado sobre o dinheiro é bem menor, com uma diferença bastante significativa, a taxa em cartões é de 6,38% e em espécie é apenas 1,1%.

Neste post, explicaremos como são as regras para levar notas em espécie em viagens internacionais, para que você entenda porque não se deve trocar dinheiro em qualquer lugar. Acompanhe conosco!

Quais as regras para levar dinheiro para o exterior em espécie?

Se está planejando levar uma quantia alta para a sua viagem é preciso ficar atento a algumas regras para evitar problemas e fazer você desembolsar tudo que economizou com a compra da moeda em uma boa cotação.

De acordo com as normas estabelecidas pelo Conselho Monetário Nacional e da Receita Federal, não existe um limite de valor em dinheiro para ser levado em viagens internacionais, porém, a partir de dez mil reais ou o equivalente em outra moeda, será preciso declarar.

Essa medida não tem relação nenhuma com o valor em si, mas tem por objetivo evitar que dinheiro de origem ilegal (tráfico de drogas ou corrupção, por exemplo) tenha livre entrada e saída do país.

Como fazer declaração de dinheiro em espécie

Depois de trocar o valor, em reais, por qualquer moeda estrangeira, será preciso preencher a Declaração de Bens de Viajantes (e-DVB). É uma declaração eletrônica que pode ser feita pelo seu smartphone, tablet, notebook ou nos pontos de atendimento nos aeroportos internacionais.

Após o preenchimento, você precisará imprimir a declaração ou pode usar o código de barras no próprio aparelho móvel. Dirija-se ao local indicado nos aeroportos para fazer a apresentação. Leve também o comprovante da compra da moeda estrangeira. A Receita Federal vai conferir se o valor declarado é o mesmo que está sendo levado para a viagem.

Cabe ressaltar que somente as casas de câmbio e bancos podem comercializar moedas estrangeiras no Brasil e, por isso, é preciso comprovar que a negociação foi feita em uma dessas instituições.

Portanto, a ideia de trocar dinheiro fora desses locais oficiais, por exemplo, com parentes e amigos que voltaram do exterior, não é recomendada, mesmo que a quantia seja inferior a 10 mil reais, porque a Receita Federal pode, a qualquer momento, solicitar a comprovação da origem do dinheiro que você estiver carregando em moedas estrangeiras.

Penalidades para quem não declara quantias acima de R$10 mil

Muitas pessoas não declaram o quanto estão levando em dinheiro vivo por acreditarem que serão taxados. Fique tranquilo! O correto é declarar e não existe nenhuma cobrança de taxa mesmo em quantias bem maiores que dez mil reais.

O problema consiste em não ter como comprovar a origem do dinheiro. Daí sim, se for identificado que você está levando um valor acima de dez mil reais, mesmo que já esteja em outra moeda, você poderá perder o dinheiro e ainda ficar retido até conseguir esclarecer o que houve junto à Receita Federal.

Já adianto que eles não são nada amigáveis e não aceitarão uma justificativa qualquer. Convenhamos que este tipo de fiscalização tem por objetivo combater a corrupção e o tráfico de drogas, logo, façamos nossa parte!

Por último, ainda na fase de planejamento da sua viagem ao exterior, confira no Portal Consular do Ministério das Relações Exteriores se existe algum limite ou restrição para a entrada de dinheiro em espécie no país para o qual você vai viajar.

Dessa forma, você garante uma viagem tranquila, na certeza de que está cumprindo a lei e não terá problemas para entrar ou sair de qualquer país.

Quais são os riscos de comprar moedas estrangeiras no “mercado livre”?

Algumas vezes, o valor da moeda estrangeira pode estar mais barato do que em uma casa de câmbio ou instituição financeira devidamente regularizada. Esse fator é o grande atrativo para as pessoas que compram no mercado paralelo, pensando em economizar em sua viagem.

Neste caso, o barato pode sair muito caro! Lembre-se, como já dissemos, a Receita Federal acompanha de perto as entradas e saídas do país, como forma de combater que dinheiro oriundo de tráfico de drogas ou corrupção circule entre os países.

Se você comprar moedas estrangeiras de pessoas não legalizadas, estará adquirindo dinheiro com procedência incerta, sem a devida documentação e/ou registro e poderá inclusive levar para casa notas falsas! Veja algumas possíveis consequências de correr esse tipo de risco:

  • caso seja encontrado com dinheiro cuja procedência não possa ser confirmada, poderá ser investigado pela Receita Federal ou outros órgãos competentes;

  • pode perder dinheiro, adquirindo notas falsas, sem ter como comprovar de forma documental onde as cédulas foram adquiridas, ou seja, não conseguirá reclamar ou reaver o valor;

  • ao entrar nesse tipo de estabelecimento irregular, você estará exposto a furtos, assaltos, uma vez que é inegável qual a sua intenção, uma vez que, certamente estará carregando dinheiro ao sair.

  • contribuir com a continuidade desse tipo de crime contra o sistema financeiro, que é mais uma forma de corrupção em nosso país, como já estamos acostumados a acompanhar nos noticiários.

Prefira sempre casas de câmbio reconhecidas e certificadas

É por esses e outros motivos que reforçamos a importância de buscar casas de câmbio reconhecidas e certificadas e as garantias oferecidas por elas. Não troque o certo pelo duvidoso, correndo o risco de transformar a sua viagem dos sonhos em um grande pesadelo. Você pode acompanhar as cotações através do nosso guia rápido:

Se você não possui tempo para fazer cotações e comparar taxas de diversas casas de câmbio, saiba que existem maneiras muito simples de fazer essa pesquisa pela internet, com total segurança e agilidade.

Ficou interessado em comprar moedas estrangeiras com segurança, sem a necessidade de sair de casa? Então, que tal entrar em contato conosco? Teremos a maior satisfação em ajudá-lo!