Libra esterlina: 4 dicas para identificar uma nota falsa

Libra esterlina: 4 dicas para identificar uma nota falsa

Imagine que, depois de planejar uma viagem ao Reino Unido, você chegue ao país e descubra que parte das libras esterlinas compradas no Brasil são falsas. 

Além do prejuízo financeiro, uma viagem cuidadosamente planejada pode se tornar uma imensa dor de cabeça por conta de um único detalhe durante a organização: a falta de cuidado com a compra de dinheiro estrangeiro

Nesse artigo, daremos algumas dicas de como identificar nota falsa para que você se previna e não passe por essa situação. Confira:

1. Sinta o alto-relevo

De acordo com o Banco da Inglaterra, para identificar se uma nota é oficial, você deve passar o dedo sobre ela para sentir a impressão em alto-relevo. O termo “Bank of England”, que fica na parte de cima, é impresso dessa maneira para dificultar a falsificação. 

2. Note o fio metálico

Outro detalhe que não pode passar desapercebido é um fio metálico, discreto e prateado, que atravessa toda a nota. 

3. Identifique a marca d’água e o holograma

Também é preciso ficar atento a outros detalhes, como a marca d’água e o holograma.

As notas apresentam uma espécie de marca d’água com a imagem da rainha Elizabeth II. Já o holograma  que alterna o valor e a figura da deusa romana Britannia, que se tornou símbolo das ilhas  tem sua cor alterada conforme você olha e pode ser notada nas notas de £5 e £10.

4. Fique atento às diferenças entre as notas

As demais notas apresentam outros aspectos. A de £20, por exemplo, possui toda uma faixa holográfica. 

Já nas de £50 há uma faixa vertical na cor verde e em 3D (entre o valor da nota e o símbolo da libra), que mexe conforme a inclinamos.  

Mudanças nas notas para evitar falsificação

Recentemente, o Banco da Inglaterra anunciou uma série de medidas para aumentar a segurança e a durabilidade das notas de libras esterlinas.

Em outubro do ano passado, a nota de £5 ganhou uma camada de polímero, que permite incluir novos dispositivos de segurança e, ao mesmo tempo, aumentar sua vida útil.

Segundo a instituição financeira, as notas comuns duram cerca de dois anos e, com esse novo modelo, devem chegar a cinco. Isso representa uma economia de recursos, já que a necessidade de emissão de papel-moeda será menor. A partir desse ano, a mudança chega aos bilhetes de £10 e, em 2020, nos de £20.

Em 2014, foram recolhidas todas as notas de £50 que exibiam a imagem de Sir John Houblon, o primeiro presidente do Banco Central do país. Isso porque a instituição chegou à conclusão de que a nota não oferecia elementos de segurança suficientes, o que estimulava a falsificação.

Naquela época, existiam mais de 50 milhões de cédulas de £50 que precisaram ser substituídas por novas  o equivalente a cerca de R$ 10 bilhões em circulação no mercado. 

Agora que você já sabe como identificar nota falsa e conhece a importância da segurança ao comprar moeda estrangeira, entre em contato com a nossa empresa e descubra mais sobre o assunto!

//]]>