Investimentos: saiba fazer seu dinheiro render mais

Investimentos: saiba fazer seu dinheiro render mais

Em tempos de crise, a busca por fontes rentáveis de dinheiro é uma constante.  Mas como fazer o seu dinheiro render mais de forma eficiente?

O atual cenário brasileiro é assustador para a maioria das pessoas. O desemprego cresce desenfreadamente e as pessoas perdem cada vez mais o poder de consumo.

Com isso, comércios têm fechado suas portas e cada vez mais empresários desistem de seus negócios.

Mas nem tudo está perdido. É possível render dinheiro mesmo nesse contexto apocalíptico.

Se você conhecer de fato esse cenário, conseguirá enxergar oportunidades de sucesso em alguns ramos, e entender que o investimento é a maneira mais eficaz de aumentar a sua renda.

Conheça em nosso artigo as maneiras mais eficazes de fazer o seu dinheiro render mais, e saia do aperto.

Para o dinheiro render mais você só precisa…começar! 

O primeiro passo para elevar o rendimento de seu dinheiro é começando a procurar alternativas de investimentos.

Nada irá acontecer se você ficar parado, e acredite, não há nenhuma intenção do governo em lhe ajudar com isso.

Então, arregace as mangas e comece a trabalhar.

Conheça algumas maneiras de investir o sei dinheiro de forma eficaz e segura, analisando as possibilidades que traremos nesse artigo.

  • Renda fixa:

Vamos começar do zero. Você talvez já tenha ouvido o termo “Renda fixa” em algum lugar, mas pode ser que não saiba exatamente o que ele representa.

O tipo de investimento renda fixa refere-se a investimentos cuja remuneração tenha datas pré-estabelecidas.

Esse tipo de aplicação é pouco arriscado, pois não são dependentes das oscilações do mercado, graças a suas garantias de rentabilidade pré-estabelecidas.

São muitas as opções de investimentos de renda fixa. Os mais conhecidos são: poupança, letras de crédito, CDBs e o Tesouro Direto.

Abaixo, apresentaremos as opções para que você identifique aquele que melhor se encaixa a seu perfil.

  1. LCAs e LCIs

As letras de Créditos Imobiliários (LCIs) ou as Letrás de Créditos do Agronegócio (LCAs) ao uma maneira de renda fixa que destinam os seus rendimentos a um dos dois setores: imobiliário ou agronegócio.

Eles são considerados alguns dos mais rentáveis negócios de renda fixa, com baixíssimos riscos.

Também são isentos de cobrança de Imposto de Renda para pessoas físicas, e são protegidos pelo Fundo Garantidos de Créditos (FGC).

  1. Tesouro Direto:

O Tesouro Direto é a possibilidade de compra de títulos públicos federais por pessoas físicas. Essas compras são feitas pela internet e pode ser adquirido com aplicações de apenas 30 reais.

Essa é uma excelente opção para pequenos investidores, que podem começar com investimentos baixos, e ainda assim sair a frente da poupança.

  1. Consórcios:

Os consórcios consistem na contemplação de uma pessoa com bens adquiridos a partir de um fundo formado pela colaboração de várias outras pessoas.

As premiações podem ter diferentes periodicidades, estipuladas no contrato. Para que a contemplação seja feita, será realizado um sorteio entre todas as pessoas participantes do montante adquirido.

Esse investimento não possui taxa de juros, o que o torna atrativo para quem não tem pressa em receber o bem investido.

  1. Previdência Privada:

A Previdência Privada é um dos investimentos mais eficientes e funcionais atualmente.

Com ela, você nãod dependerá da Previdência Social, o que te dará muito mais segurança no futuro.

Além disso, quanto antes você começar a investir, menos pagará por mês.

Dentre os benefícios da Previdência Privada estão as seguintes possibilidades:

  • Manter o seu padrão de vida após aposentar
  • Realizar antigos projetos e sonhos
  • Garantir o futuro e sua família, podendo ainda atrelar ao seu investimento um plano de seguro de vida com cobertura por morte ou invalidez.
  1. Poupança:

Apesar de possuir um rendimento muito baixo se comparado aos outros planos de renda fixa, a poupança continua sendo um dos investimentos mais populares entre os brasileiros.

Se você tem dificuldades em organizar suas finanças, por exemplo, iniciar uma poupança com valores não muito exorbitantes por mês pdoerá lhe ajudar a criar bons hábitos financeiros.

  1. CDBs, RDBs e RDCs
  • CDBs: é o Certificado de Depósito Bancário, em que você emprestará um montante ao banco e renderá com seus juros.
  • RDBs: os Recibos de Depósitos Bancários são como os CDBs, mas não admitem renegociações antes de seus vencimentos.

Ambos possuem taxas pré-fixadas ou pós-fixadas.

  • RDCs: Recibos de Depósitos Cooperativos são exclusivos para associados a cooperativas financeiras. Sua maior vantagem sobre os anteriores é a possibilidade de distribuição das sobras.

Dessa maneira, quanto mais você investir, maior será o seu lucro nos resultados da cooperativa.

  1. Fundo de investimento:

Nessa opção de investimento, existe um gestor responsável Poe escolher o titulo em que será investido o fundo acumulado pelos cotistas.

Ou ainda, o gestor poderá contemplar vários títulos, distribuindo a renda entre eles.

Esse tipo de investimento é formado por 4 formas de de fundos: pré-fixados, crédito, multi-índices e alavancados.

  1. Cooperativas de créditos:

Uma opção muitas vezes mais interessante do que bancos, as Cooperativas de Créditos não visam lucrar excessivamente, mas sim administrar de forma mais eficiente o dinheiro dos associados.

Suas taxas podem bater o record de 20% menores do que as de bancos tradicionais, e o seu retorno é imensamente maior.

As Cooperativas de Crédito também usam do sistema de sobras. Ou seja, sempre que ocorre um resultado positivo, os créditos são distribuídos entre os demais associados.

Assim, se você tiver grandes investimentos, terá maiores chances de ser contemplado com as sobras da cooperativa.

Essas são algumas das alternativas mais interessantes para fazer o seu dinheiro render mais.

investimento

Investindo com sabedoria 

A única maneira de investir de forma a obter sucesso, é conhecendo muito bem o seu ramo de atuação.

Você deve pesquisar e identificar aquele modelo de investimento que melhor se encaixa ao seu montante em valores.

Faça as contas e compare, na ponta do lápis, as possibilidades de aplicação e de retorno que você terá.

Também leve em consideração os riscos que envolvem o investimento em questão.

Saber investir com sabedoria, principalmente em tempos de crise, é essencial.

Um novo investidor deve estar de olho no mercado, e compreender todas as complexidades pelas quais o país passa no momento de seu investimento.

Faça cursos, leia textos e artigos e acompanhe especialistas no assunto.

Você encontrará muito material na internet para auxiliá-lo com as dúvidas.

Comece por aquelas mais básicas, conhecendo os termos técnicos de cada investimento, e entendendo como eles poderão lhe gerar algum lucro.

A situação econômica do país impacta diretamente no seu bolso e em suas finanças. Por isso, você precisa estar atualizado sobre decisões mercadológicas tomadas por grandes empresas e pelo governo.

Acompanhe os noticiários. E atualize-se diariamente sobre o mercado de investimentos.

Com a inflação em constante desenvolvimento, você precisa tomar atitudes que garantam o seu futuro e de sua família.

Seja para a realização de um grande sonho ou para garantir um futuro tranquilo, os investimentos são os melhores aliados para fazer o rendimento de seu dinheiro acontecer.

Mais do que economia, o investimento tem ligação direta com a educação financeira do individuo.

Existem inúmeras possibilidades de investimentos que poderão ajudar o seu dinheiro render mais, e existem muitas opções para diferentes valores. Seja atencioso e não perca oportunidades.

como investir

//]]>