Hotmail: Veja o que Aconteceu com o Hotmail depois do surgimento do Outlook

Hotmail: Veja o que Aconteceu com o Hotmail depois do surgimento do Outlook

Segundo algumas informações divulgadas em sites de pesquisa, o Hotmail foi a primeira empresa de webmail grátis no mundo. Seu idealizador era um indiano, Sabeer Bhatia que se mudou para os Estados Unidos ainda jovem e depois de certo tempo seguindo carreira no mundo da informática, acabou por fazer sua ideia progredir, e assim, surgiu o Hotmail que foi lançado no dia 4 de Julho de 1996. 

Sabeer Bhatia 

Com 19 anos, Bhatia foi para os Estados Unidos por conta de uma bolsa de estudos no Instituto de Tecnologia. Depois de formado, trabalhou na empresa multinacional norte-americana, a Apple, onde ocupava o cargo de engenheiro de Hardware. Mas depois de certo tempo, começou a se sentir insatisfeito com seu serviço e pensou em arriscar algo novo. Ao mencionar seu interesse em deixar a empresa, seu amigo de trabalho Jack Smith também mostrou-se disposto a arriscar uma mudança, e então, os dois saíram da Apple e foram para a empresa FirePower. Esta por sua vez, produzia chips para processadores, porém, tinha por objetivo iniciar a produção de computadores. Mas infelizmente o sucesso esperado não chegou e isso começou a deixar Bhatia descontente mais uma vez. Mas nesse mesmo período, novas idéias foram surgindo, entre elas, a necessidade de criar uma base de dados que poderiam conter algumas informações e que pudesse ser acessado por qualquer navegador. Com a ideia em mente, ele convidou seu amigo Smith para embarcar neste projeto, e ele aceitou. Assim, os dois começaram a buscar novas idéias até que um dia, chegaram a melhor de todas elas, lançar um serviço de webmail. Mas eles queriam algo diferenciado, pois neste mesmo período o email era algo restrito, somente uma minoria tinha acesso a este serviço. O que eles tinham em mente é que o que eles fizessem deveria ser algo diferenciado, sendo capaz de ser utilizado em qualquer computador que tivesse acesso à internet e não apenas em seu computador pessoal.
A ideia central passou a ser de um email que tivesse acesso livre e que portanto, pudesse ser utilizado em qualquer parte do mundo, desde que houvesse uma conexão com a internet. Mas o melhor veio depois quando a vontade de criar algo novo ganhou força e nesse momento a proposta passou a ser sobre a criação de uma conta de email gratuito através da web.

Seu nome, Hotmail 

O nome Hotmail surgiu com base na sigla HTML, que é uma abreviação para a expressão inglesa “HyperText Markup Language”, que traduzindo quer dizer, “Linguagem de Marcação de Hipertexto”. Na verdade é um termo que é utilizado na construção de uma página na Web.

Inicialmente, a sigla HTML transformou-se em HOT, já a palavra Mail, que significa correio, apenas complementou o nome, surgindo assim, o Hotmail.
Mas é claro que há outra explicação relacionada ao nome, pois em inglês a palavra “hot”, significa quente, unida ao “mail”, formaria um nome com significado de “email quente”. Ou seja, fazendo um trocadilho com a ideia de que seria algo novo, aquilo que chegaria ainda “quente” aos seus usuários. Como se fosse a ideia de trazer uma correspondência nova, fresquinha a qualquer momento.

A trajetória do Hotmail

Depois da ideia pronta e do nome escolhido, faltava apenas o investimento necessário para que a ideia finalmente se transformasse em um negócio. Eles precisavam de alguém que acreditasse no projeto, mas antes de fechar algum acordo, eles resolveram lançar a Hotmail para que garantissem que ela teria mais lucro. Conseguiram um empréstimo bancário no valor de US$ 100 mil. Esse era o começo do sucesso para eles, pois não demorou muito para muitos investidores se interessassem pela marca. O Hotmail pode ser considerado o primeiro sistema de webmail mais bem sucedido da internet. Já nos primeiros três meses de funcionamento, eles alcançaram a média de cem mil usuários cadastrados. Em pouco tempo já estavam investindo em propagandas e enviando conteúdos para seus usuários, com isso, o faturamento da empresa só aumentava.
Em um ano o Hotmail contava com mais de 7 milhões de assinantes, o que despertou o interesse da empresa transnacional americana, Microsoft. 

A Microsoft

Inicialmente, Bill Gates ofereceu a quantia de US$ 160 milhões pela aquisição do Hotmail, mas Bhatia era um bom negociador e sabia que se a Microsoft desejasse comprar sua empresa, ofereceria outro valor. Com isso, a negociação estendeu-se por mais alguns meses até que Bhatia se rendeu a proposta final e em dezembro de 1997, vendeu o Hotmail para a Microsoft pelo valor de US$ 400 milhões.
(Acompanhe o Comunicado que a Microsoft fez em Janeiro de 1998).
A partir daí, muitas mudanças ocorreram dentro do serviço, que agora passava a se chamar Windows Live Hotmail.

Houve muitas mudanças dentro dos serviços oferecidos. O Hotmail passou a dispor de algumas ferramentas que o tornaram mais útil. Entre as novidades estava também sua integração com o MSN Messenger, um programa de mensagens instantâneas criado pela Microsoft.

Como o Hotmail se Transformou em Outlook?

Em 2013, os serviços do Hotmail passaram a ser oferecido pelo Outlook.com, o que pode ser entendido como uma novidade da Microsoft. Agora esse novo serviço, além de oferecer aos usuários as mesmas funções do antigo Hotmail, passava a proporcionar um serviço muito mais ágil. Com isso, passou a ser possível enviar e receber email de forma mais prática e rápida, sem nenhuma dificuldade. Mas além disso, o Outlook uniu os antigos contatos do Hotmail com os serviços do Live.com, os arquivos do SKydrive e o Messenger.
Hoje o Outlook.com está entre os serviços de email mais usados e possui muitas vantagens, fazendo com que o seu número de cadastrados continue crescendo. Entre essas vantagens está a possibilidade de acesso a uma caixa de entrada com armazenamento praticamente ilimitada, programas contra spam e proteção da sua conta Microsoft.
Na verdade, o nome mudou, mas o Hotmail continua em muitos endereços de email, pois a Microsoft permitiu que o “@hotmail.com” continuasse ativo. Fazendo assim, com que a marca Hotmail não seja esquecida ou apagada definitivamente.