Foi vítima de overbooking? Saiba como proceder

Foi vítima de overbooking? Saiba como proceder

Ser vítima de overbooking é uma palavra que interessa muito diversos viajantes, afinal, o que é ela? O overbooking é uma prática considerada incorreta, que é a venda de reservas, além da capacidade de um avião. Explicando melhor, é quando você quer comprar a sua passagem, ter a poltrona do avião, e há duplicidade entre as poltronas.

De acordo com a Justiça Federal, essa prática deve ser proibida, mas infelizmente não há nenhum tipo de lei que a impeça. Apenas realizar uma indenização judicial se você for prejudicado.

Por que o overbooking acontece?

Existem algumas razões para o overbooking acontecer, e acredite a maioria delas é por falta de informação ou falta de planejamento entre as companhias aéreas. Confira:

  • Troca de aeronave – Os modelos foram trocados e a capacidade de lugares entre cada uma delas é diferente.
  • Junções e cancelamentos de voos – As pessoas devem esperar por um novo voo, mas aqui o overbooking é permitido.
  • Passageiros que perderam a conexão – Quando a conexão é perdida, você precisa se encaixar em outro voo, a companhia aérea realizará o overbooking para atender os outros passageiros.
  • Venda de passagens – As passagens foram vendidas a níveis superiores que o número de assentos.
  • Atraso dos passageiros – Atraso no momento do check-in, dando preferência a lista de espera ou preterir o voo.

O que o overbooking prejudica?

Como prática ilegal, você deve saber que ela é uma falha de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, pois, houve uma falha na prestação de serviços pela companhia aérea.

E caso você realmente tenha sido prejudicado, perdendo o seu voo, se atrasando para o checkin ou atraso para chegada do seu destino, você deve sim entrar com uma indenização judicial.

A companhia aérea deverá responder por essa indenização, principalmente pela falha no serviço, assim como danos materiais e morais.

Não terei espaço no voo, e agora?

Quem deve te informar isso é um responsável da própria companhia aérea, e você como consumidor, tem todo o direito de finalizar a sua viagem ou contar com as seguintes opções:

  • Reembolso integral imediatamente da passagem
  • Remarcar o voo sem qualquer custo
  • Permissão para embarcar em qualquer voo para o mesmo destino
  • Fazer a viagem com outro transporte com os custos para a companhia aérea

Sobre a assistência material, essa questão varia muito de quando tempo o prejudicado ficou esperando. Novamente, o responsável pela companhia aérea localizado no aeroporto deve informar quais são os seus direitos naquele momento:

  • 1 hora – comunicação
  • 2 horas – alimentação
  • 4 horas – hospedagem e translado

Dicas de como evitar o overbooking

Tem como evitar o overbooking, quanto mais cedo você escapar desse problema, mais rápido você encontrará soluções. Aqui vão algumas dicas:

  • Cheque o seu voo pela internet – se possível faça a confirmação dele também
  • Check-in online – 12 horas de antecedência, não faça no aeroporto
  • Pontualidade – nunca chegue em cima da hora
  • Embarque – sempre esteja perto do portão de embarque
  • Fidelidade – pacientes com programas de fidelidade tem prioridade

Fui vítima de overbooking, o que fazer?

Antes de tudo, escute e tire todas as suas dúvidas com o responsável da companhia aérea. Olhe sempre o painel do aeroporto ou verifique na internet se há algum voo próximo.

É direito seu como consumidor, ir atrás de todos os seus direitos, principalmente em casos de atrasos ou cancelamento de voos, é só checar o Guia do Passageiro.

Se o problema não for solucionado, procure um supervisor, se não funcionar, você pode dizer que irá entrar em contato com a Anac ou então com o Juizado Especial Cível. Caso o supervisor não queira ajudá-lo, corra para conversar com alguém da Anac ou do Juizado, e registre então a sua reclamação:

  • Foto do painel
  • Foto do cartão de embarque
  • Comprovantes das despesas
  • Conversa com companhia aérea
  • Testemunhas

Registre tudo que puder e tudo que tiver direito, assim, maiores serão as suas chances de realmente ganhar a causa. Afinal, você sofreu danos morais, e quanto mais provas tiver sobre isso, mais chances você terá de sucesso.

Se você já quer começar a organizar a sua viagem, comprando o dólar ou contando com alguma dica exclusiva nossa, acesse o nosso site: https://www.cambiostore.com/ e veja todas as coisas que temos a oferecer.