Detran: Como tirar sua primeira carteira de habilitação no Detran?

Detran: Como tirar sua primeira carteira de habilitação no Detran?

Ter uma carteira de habilitação é o objetivo de muitos brasileiros, quando chegam aos 18 anos, idade mínima necessária para poder obter a licença de direção no Brasil.

O número de motoristas cresce a cada ano, bem como a quantidade de veículos que circulam nas grandes e médias cidades. Por conta disso, o processo para obtenção da primeira carteira de habilitação tem ficado cada vez mais difícil, com passos e obrigações novas sendo postas, e cada vez mais caro.

Em cada estado, o processo de habilitação, bem como a maioria dos procedimentos relacionados ao trânsito, em geral, é administrado pelo Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

O processo para a primeira habilitação é basicamente o mesmo em cada estado, já que os passos e procedimentos são basicamente definidos pelo Código Nacional de Trânsito. Podem ocorrer variações quanto às taxas e quanto à forma de aplicação das provas teóricas (que podem ser online, por exemplo) e práticas.

Veja neste artigo como tirar a sua primeira carteira de habilitação no Detran de seu estado.

Primeiros Passos:

Para obter a Permissão para Dirigir (PPD), que é o nome oficial da primeira carteira de habilitação, o interessado deve cumprir alguns requisitos:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Saber ler e escrever;
  • Possuir CPF e algum documento de identidade válido (carteira de identidade, carteira de trabalho, passaporte, etc.) e;
  • Possuir um comprovante de residência.

O primeiro passo, após verificar os requisitos listados acima, é realizar a inscrição e realizar o pagamento da taxa inicial. Em alguns estados, como Minas Gerais e São Paulo, este processo pode ser feito através do site do Detran. Quando não houver esta opção, a inscrição pode ser feita na sede do Detran no município, ou em algum Centro de Formação de Condutores (CFC), próximo a sua residência.

Exames Médicos e Psicotécnicos

Após a inscrição inicial, você será direcionado ao exame médico e psicotécnico em uma clínica credenciada de seu estado. Um ponto interessante é que nesta clínica será tirada a foto que vai acompanha-lo durante todo o processo e eventualmente estará na carteira de motorista.

O pagamento das taxas destes exames deverá ser realizado na própria clínica e sempre em dinheiro. Para realizar os exames é necessário um documento de identidade, com o CPF, e um comprovante de endereço atualizado.

Importante ressaltar que estes exames são eliminatórios e para poder prosseguir com o processo de primeira habilitação você deve ser considerado apto por eles.

Curso teórico e prova de legislação

Após o exame médico, você irá iniciar as aulas do Curso de Legislação. Este curso será feito em um CFC e deverá ter, no mínimo, 45 horas/aula de duração, que serão controladas por biometria.

Após a conclusão do curso, você poderá realizar a Prova de Legislação, que é um teste sobre as leis e práticas de trânsito brasileiras. O teste é composto por 30 questões e no mínimo 70% (21 questões) devem ser respondidas corretamente para a aprovação.

Simulador de direção

Apesar de já ser lei, o uso de simuladores de direção, para candidatos à habilitação tipo “B”, ainda não está em completo uso, em todo o país. Apenas os estados do Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Bahia e Minas Gerias já tornaram este passo obrigatório para a obtenção da primeira habilitação do tipo “B

Em Minas Gerais, por exemplo, o candidato deve fazer no mínimo cinco e no máximo oito aulas no simulador de direção.

 

 

 

Curso de prática veicular

Após a aprovação na Prova de Legislação, você deverá realizar o pagamento da Taxa de Licença de Aprendizagem Veicular, que é necessária para o início das aulas práticas.

São necessárias no mínimo 25 horas/aula, durante o curso. Em alguns estados, como é o caso de São Paulo, as horas mínimas necessárias são menores para a categoria “A”, que habilita para condução de motos. Em São Paulo, para a categoria “A”, são necessária 20 horas/aula mínimas.

Vale ressaltar que as horas realizadas no simulador de direção podem ser contadas no cálculo total das horas da prática veicular e que no mínimo 20% da carga horária do curso deve ser realizada no período noturno.

Exame de Direção

O passo final é a realização do exame de direção. O exame é marcado pelo CFC no qual você realizou as aulas de direção e é necessário pagamento de nova taxa.

Neste exame, você deverá realizar algumas práticas de direção, conforme orientação de seu avaliador, que irá definir a sua aprovação ou reprovação, com base nos critérios de pontuação do exame.

Caso você seja reprovado, poderá refazer o exame em no mínimo 15 dias após a reprovação. No entanto, caso tenha conseguido a aprovação, estará habilitado a dirigir, claro, somente após receber a sua PPD.

Custos e tempo necessário

O processo de primeira habilitação não é barato, o custo médio do processo é de R$ 1.700, e muito menos rápido, sendo que, considerando aprovação no primeiro exame, os candidatos demoram, em média, 5 meses para concluir o processo.

Isto tudo somente demonstra o porquê conseguir a primeira habilitação é uma das grandes conquistas pessoais de alguém, já que é um processo demorado, caro e, às vezes, bem difícil.

Gostou das nossas dicas? Fique de olho em nosso blog para novas atualizações.