Conheça 5 golpes aplicados em turistas e saiba como evitá-los!

Conheça 5 golpes aplicados em turistas e saiba como evitá-los!

Para que sua viagem seja inesquecível do começo ao fim, você precisa ficar atento ao planejamento e à execução de todos os detalhes.

Mas isso não quer dizer que você vai se divertir menos ou se estressar. Pelo contrário! É uma forma de garantir que suas férias sejam prazerosas e seguras.

Independentemente do destino, existem muitos golpes aplicados em turistas. São deles que falaremos a seguir. Confira:

1. Falsa hospedagem

Os golpistas aproveitam todo tipo de oportunidade, inclusive aquelas que aparecem antes mesmo de você embarcar.

Por exemplo, na hora de procurar hospedagem, muitas pessoas recorrem a aluguéis de temporada. É uma boa forma de economizar, mas você pode cair em um golpe no qual o imóvel não existe. Essa descoberta só acontece depois que o depósito caução é feito ou, ainda pior, quando você chega ao local.

Para evitar esse transtorno, procure por imóveis que tenham avaliações de pessoas que já se hospedaram neles e desconfie de preços muito baixos. Leia todos os comentários e, na dúvida, entre em contato com um ex-hóspede.

Na verdade, essa checagem vale para tudo o que for contratado antecipadamente: transfers, passeios, ingressos e eventos, entre outros.

2. Fotógrafo ladrão

Entre os golpes aplicados em turistas, os que ocorrem no decorrer da viagem são os mais comuns. Esse é o momento no qual estamos mais relaxados e despreparados para lidar com a maldade humana. E ela não tem limites, nem fronteiras!

A Europa é o continente recordista de casos identificados de golpes a viajantes. Graças às cidades turísticas mais famosas do mundo, os visitantes do Velho Continente são alvo fácil.

Um dos mais recorrentes é o relato do fotógrafo ladrão. Ele se oferece para tirar fotos e foge com o seu equipamento ou tenta extorquir dinheiro pela ação que deveria ser uma gentileza. Nessa situação, recorra a outros turistas que estejam acompanhados em grupos, utilize o polêmico pau de selfie ou um tripé.

3. Souvenir obrigatório

Bem comum em países europeus, o golpe do souvenir obrigatório faz com que lugares como o Coliseu Romano ou a Basílica do Sacré-Coeur, em Paris, sejam palcos constantes de relatos de turistas.

A investida criminosa acontece da seguinte forma: um suposto vendedor de lembrancinhas aborda o cliente e coloca o objeto a ser vendido nas mãos, cabeça ou pulso dele.

A confusão começa quando você se nega a ficar com o souvenir. O constrangimento é tão grande que muitos turistas preferem pagar. Fuja desse golpe sendo claro e duro na negativa durante as abordagens. Esse tipo de picareta é insistente e agressivo.

Esse alerta serve para tudo o que for demasiadamente ofertado: massagens “grátis”, pessoas que se oferecerem para levar suas bagagens e bebidas dadas em baladas de qualquer lugar do mundo.

4. Troco errado

Os golpes aplicados em turistas que envolvem dinheiro são rotineiros. Eles atingem principalmente viajantes que se arriscam fazendo câmbio negro, com cédulas falsas ou emboscadas para roubar tudo.

Outra confusão é com as notas estrangeiras. Não é difícil encontrar quem foi lesado com troco errado em bares, padarias e táxis.

Portanto, não caia nessas armadilhas. Procure por empresas especializadas em transações financeiras para realizar a troca de moedas e olhe com atenção todo valor que dá ou recebe nos estabelecimentos.

5. Cobrança indevida no cartão de crédito

Cartão de crédito é uma isca fácil para trapaceiros, principalmente se você passa dados dele por telefone ou pela internet. Há relatos, sobretudo nos Estados Unidos, de que alguns panfletos de delivery são falsos e que basta fazer um pedido para ter seus dados clonados.

Outro erro comum é fazer compras no exterior sem pedir o comprovante do cartão. Em vez de debitar 20 dólares, eles podem debitar 200, por exemplo. Esse golpe é bastante aplicado em postos de gasolina da América do Norte, Central e em países nórdicos, como a Islândia.

A solução? Exija os comprovantes das transações, observe os valores que estão na tela da maquineta e jamais perca seu cartão de visita durante a operação.

Esses são alguns dos principais golpes aplicados em turistas. Quer saber mais curiosidades sobre o universo das viagens? É só nos seguir no Facebook!

//]]>