Veja como prevenir problemas com bagagem ao viajar de avião

Veja como prevenir problemas com bagagem ao viajar de avião

Quem nunca sentiu um friozinho na barriga enquanto espera a sua mala aparecer na esteira do aeroporto? Por mais que saibamos o quanto as companhias aéreas zelam pela segurança dos passageiros e seus pertences e façamos um seguro viagem, os problemas com bagagem ainda representam um dos maiores temores dos viajantes.

É claro que, por mais cuidados que tenhamos, ninguém está imune a passar por um extravio de bagagem. Porém, existem algumas medidas de segurança que podemos tomar e que diminuem — e muito! — esses riscos.

Pensando em ajudá-lo a viajar mais tranquilo, listamos abaixo 5 dicas de segurança para evitar imprevistos com a bagagem. Continue a leitura e fique de olho!

1. Distribua dinheiro e objetos de valor entre as malas

Devido ao risco de extravio, o ideal é não deixar todo o seu dinheiro na mala despachada. Entretanto, a mala de mão também corre alguns riscos, como o de furto, por exemplo.

Sendo assim, o melhor a ser feito é dividir dinheiro e outros objetos de valor mais alto entre ambas as bagagens. Assim, se algo ocorrer com uma das malas, você não fica “na mão”.

2. Identifique sua mala

Sempre que fizer as malas, antes de ir ao aeroporto, retire dela todas as etiquetas de viagens anteriores. Algumas malas acabam extraviadas devido a dúvidas na identificação do voo ao qual pertencem!

Independentemente das etiquetas fornecidas pela companhia aérea, anexe uma feita por você mesmo com seus dados e meios de contato.

Colocar uma fita colorida ou qualquer identificação que faça com que ela se destaque em meio às outras malas atenua o risco de que alguém a pegue por engano, ou mesmo que ela seja furtada — é mais fácil “surrupiar” algo discreto.

Também é conveniente trancá-la com um cadeado e, assim que pegar sua mala na esteira, conferir se ela está realmente fechada.

3. Fique atento ao limite de peso

Com as regras que entraram em vigor em 2017, cada companhia aérea passa a ter suas próprias determinações quanto ao limite de peso por bagagem. Sendo assim, vale a pena informar-se sobre o funcionamento da empresa pela qual você escolher viajar antes mesmo de comprar a passagem.

A bagagem de mão pode ter até 10kg. É importante checar o peso da sua antes de sair de casa, para não correr o risco de chegar ao aeroporto e descobrir que ela ultrapassa o limite determinado.

Levar a bagagem no limite máximo de peso também não é uma boa ideia, já que você provavelmente vai querer fazer compras durante sua viagem.

4. Informe-se sobre as regras

Além das mudanças em relação ao peso das malas, também alterou-se a política em caso de extravio. O prazo antigo para solucionar a ocorrência era de 30 dias. Atualmente, após 7 dias para voos nacionais e 21 dias para voos internacionais, o passageiro é indenizado caso a bagagem não apareça.

Outro ponto importante a ser frisado é o transporte de líquidos. É permitido levá-los na mala de mão em frascos de até 100ml, transparentes e vedados. Caso contrário, o produto terá que ser deixado para trás!

5. Transporte o seu pet com segurança

Na hora de viajar, animais de estimação se enquadram em três categorias:

  • animais que viajam no porão da aeronave;
  • animais que vão na cabine;
  • animais auxiliares, como o cão-guia, que devem permanecer junto ao dono.

Se você vai levar seu pet com você, a reserva deve ser feita com antecedência, já que algumas companhias têm limites para transporte de animais. Alguns documentos também serão necessários, como o comprovante de vacinação do animal.

A mesma lógica vale para objetos grandes, como pranchas de surf. Você deve avisar com antecedência, além de estar sujeito à cobrança de taxas para o transporte.

E então, gostou das nossas dicas para evitar problemas com a bagagem? Tem outras dúvidas ou sugestões sobre o assunto? Já passou por alguma situação complicada com suas malas? Deixe seu comentário e entre para a conversa!

Estamos presentes em todos os estados do Brasil.

AC (Acre) | AL (Alagoas) | AP (Amapá) | AM (Amazonas) | BA (Bahia) | CE (Ceará) | DF (Distrito Federal) | ES (Espírito Santo) | GO (Goiás) | MA (Maranhão) | MT (Mato Grosso) | MS (Mato Grosso do Sul) | MG (Minas Gerais) | PA (Pará) | PB (Paraíba) | PR (Paraná) | PE (Pernambuco) | PI (Piauí) | RJ (Rio de Janeiro) | RN (Rio Grande do Norte)| RS (Rio Grande do Sul) | RN (Rondônia) | RR (Roraima) | SC (Santa Catarina) | SP (São Paulo) | SE (Sergipe) | TO (Tocantins)