Como desfrutar de Granada?

Como desfrutar de Granada?

Falar de Granada (Espanha), é falar de história e mistura de culturas. Porque, se algo tem esta cidade andaluza que acopla é a miscigenação palpável em cada um dos seus edifícios e ruas (eles estão presentes na cultura muçulmana, cristã e judaica). E se algo te agarra ela é a quantidade de possibilidades que oferece ao visitante. São tantas, que você gostaria de ficar a viver ali para sempre. Por isso, neste post, dou-te várias opções para desfrutar de Granada.

1. Perca-se por suas ruas

Granada é uma cidade feita para andar. E andando, pode desfrutar do bairro do Albaicín, das casas-gruta do Sacromonte, de toda a vida que guardam as margens do rio Darro… E não só isso, mas que perdiéndote por suas ruas, você encontrará muitos cantos inesperados que irão fazer com que você vá querendo mais e mais a esta cidade com tanto charme.

2. Aproveite a sua gastronomia

Certeza que você já ouviu falar que Granada é conhecida por suas tapas. Sim, é totalmente certo e você encontrará muitos sites que salivar quando te lembres do pouco que pagou por essa tampa que se puseram com essa cana. Exemplo disso são a Bela e A Fera ou Os Diamantes.

Se o que procura é mais do tipo restaurante, é possível aproximar-se, por exemplo, para a rua Ganivet. E como recomendação pessoal e se você gosta de tábuas de queijos e enchidos, você não pode deixar de ir às vinícolas Cunha. Mas, se você decidir fazê-lo, vá logo porque costumam estar muito cheias (e não me estranha…).

3. Visita A Alhambra

Claro, este é um must em qualquer visita a Granada. A forma de fazer isso já depende do tempo que pretende passar por lá. Para que se faça uma ideia, o ingresso dá acesso à Mesma, os Palácios Nasridas, o Palácio da câmara municipal e dos Jardins, o Palácio de Carlos V e o Banho da Mesquita, mas também existem muitas outras modalidades de bilheteira, tanto diurnas como noturnas.

O que eu recomendo é que se tem a certeza de que você está indo para ir, compre os bilhetes com bastante antecedência porque costumam esgotar rápido (apesar da variedade de horários existentes) e no mesmo dia é quase impossível fazer com elas.

4. Mirador de San Nicolas

Deste ponto de vista, o de São Nicolau, é um dos mais famosos da Romã. E bem merecida se tem esta fama porque o cartão postal visto seus olhos que, a partir dele (aconselho que você vá lá ver o pôr-do-sol), com a Alhambra delineando a linha do horizonte, fará com que tudo o que acontecer naquele preciso instante que te pareça mágico. Você também pode aproveitar este momento para tomar uma bebida em um dos seus terraços, mas tens de ter em conta que os preços são fatos muito à medida dos estrangeiros.

5. Vá às compras

Falar de Granada (Espanha), é falar de história e mistura de culturas. Porque, se algo tem esta cidade andaluza que acopla é a miscigenação palpável em cada um dos seus edifícios e ruas (eles estão presentes na cultura muçulmana, cristã e judaica). E se algo te agarra ela é a quantidade de possibilidades que oferece ao visitante. São tantas, que você gostaria de ficar a viver ali para sempre. Por isso, neste post, dou-te várias opções para desfrutar de Granada.

 

6. Aproveite o feriado Granaína

Ambiente e mais ambiente, em todos os sentidos, isso é o que oferece Granada. Se o que quer é festa, não será nada complicado encontrar muitos lugares para desfrutar dela. Desde O Camborio, no bairro de Sacromonte, com um ambiente mais internacional (se o tempo estiver bom, eu recomendo que você goste do seu terraço) até o Backstage, atrás da Fonte das Batalhas, passando pelas coctelerías da rua Ganivet, você terá uma grande variedade de pubs e discotecas em que a noite vai ter fim quando você quiser que o tenha.

7. Passeie pelas margens do rio Darro e desfrute dos músicos de rua

Escolha um lugar em qualquer uma das margens do rio Darro, sente-se, feche os olhos e ouça a música que, provavelmente, se envolva. Porque esta área é uma daquelas em que você pode passar horas e horas sem realmente fazer nada, só vendo passar o tempo tranquilamente. Seu ambiente boêmio te dá, te garanto.

8. Tome um chá, ou um sorvete… ou as duas coisas!

Você vai se fartar em Granada! Mas, além disso, pode dar-lhe alguns caprichos que encontrará muito acessíveis como tomar um chá em alguma das muitas teterías que você vai encontrar na rua da Caldeiraria (pecado mortal, se não o fizer) ou comer um sorvete na famosa sorveteria Dos Italianos.

Além disso, terá de provar os doces típicos da cidade, como são os piononos ou a pastela mouro, com um sabor doce e salgado. E um bom lugar para fazer isso é na pastelaria López Mesquita, na rua Reis Católicos, 39.

9. Esqueça-se do carro

Além de que, como já mencionado no início, Granada é uma cidade muito acessível para conhecê-la a pé (para algumas áreas, como a Alhambra ou ao Sacromonte pode preferir subir no ônibus para não morrer na tentativa), muitas de suas ruas são só para residentes.

Então, se não quiser levar nenhuma surpresa depois de sua viagem (também é conhecida esta cidade pelas multas que muitos se encontram ao voltar para casa), melhor deixar o carro nos arredores e desloque em transporte público ou a pé, o que não mais fazer desporto!

10. Vá a uma casa de banho árabe

Que melhor maneira de terminar um intenso dia de turismo que em cerca de banhos árabes. Em Granada, você vai encontrar vários, mas o mais famoso é O Bañuelo, na Carrera del Darro, conhecidos porque foram construídos no século XI, e apesar de sua antiguidade, conservam o seu encanto.

Lembre-se que na Espanha a moeda em curso é o euro. Se o seu não for, certifique-se de alterá-lo antes de sua viagem.

granada espanha

//]]>