3 destinos internacionais ideais para viajar no inverno

3 destinos internacionais ideais para viajar no inverno

Viajar no inverno de outros países pode ser uma experiência incrível para os brasileiros, principalmente porque, por aqui, em terras tupiniquins, é muito difícil vivenciarmos o frio de verdade – a não ser no Sul.

O contato com a neve e os esportes praticados nela, uma deliciosa janta no calor de uma lareira, ou mesmo o fato de vestir camadas de roupas para o frio pode ser uma experiência e tanto para quem pretende viajar no inverno.

Se você está pensando nisso tudo para sua próxima viagem, continue lendo este post. Trouxemos algumas sugestões de destinos incríveis para viajar no inverno: um para cada bolso e estilo. Vamos lá?

Destinos de inverno para todos os gostos e bolsos

#1. Chile

Se você quer viajar no inverno, vamos começar com nosso vizinho, Chile. Além do fato de ele estar muito perto do Brasil e em consequência disso, as passagens serem mais em conta, por lá a moeda também é favorável ao real: com R$ 1 é possível comprar aproximadamente 175 pesos chilenos.

Apesar de o país ser super famoso pelo Deserto do Atacama, por lá as cidades mais frias também são muito procuradas, especialmente para quem pretende praticar esqui ou mesmo subir até o topo de um vulcão coberto de neve.

De julho até setembro, o Valle Nevado, por exemplo, fica perfeito para a prática de esqui e, na região, é possível encontrar diversos resorts de inverno: entre os mais famosos estão o homônimo Valle Nevado e o Farellones.

#2. Canadá

O Canadá tem sido cada dia mais procurado pelos brasileiros, talvez porque seu dólar seja aproximadamente R$1 mais barato do que o americano, ou porque suas atrações e belezas naturais estejam cada vez mais em evidência.

A cidade de Ontário (bem próxima a Toronto) oferece diversos tipos de passeios na neve, além da a maior malha do mundo de trilhas para passeios a bordo de um motoneve, com 43 mil quilômetros.

Já em Quebec, é possível passar uma noite no Hotel de Glace, feito totalmente de gelo, ou, ainda, esquiar por seus mais de 30 mil quilômetros de trilhas nevadas.

O mais interessante em conhecer o Canadá é a mistura entre as culturas americana e francesa, além da possibilidade de desfrutar de alta gastronomia e atrações para todos os gostos. Tem até mesmo as Cataratas do Niágara!

#3. Islândia

Para quem gosta de destinos inusitados e quer viajar no inverno, a Islândia é a dica perfeita. O país tem ganhado popularidade ultimamente, principalmente pela peculiaridade de ser a segunda maior ilha da Europa, e esbanja atrações naturais, que vão desde a aurora boreal até piscinas geotérmicas. Quer passar frio de verdade? Vai com tudo, pois ela é conhecida como Terra do Gelo!

Lá, a moeda é a Coroa Islandesa, e com R$1 você compra aproximadamente 37 Krs. Mas prepare-se: os custos podem ser um pouco mais salgados.

Na hora de fazer o roteiro, não deixe de fora a Blue Lagoon. Localizada a 20 minutos do Aeroporto de Keflavik, esta é uma piscina de águas termais ao ar livre de um azul indescritível e, como se não bastasse, ela está rodeada de larva negra.

Não deixe de conhecer também o primeiro Geyser a ser descrito nos livros, localizado no vale de Haukadalu. Você certamente ficará impressionado com a força com que as águas jorram da terra.

A dica final é: pesquise bastante, pois são tantas atrações na Islândia que fica difícil reuni-las em um único post: lagoa com icebergs, campos de lava, crateras vulcânicas, museus, parques.

Independentemente do destino escolhido para viajar no inverno, lembre-se sempre de se programar financeiramente. Pesquise sobre qual a moeda local do destino escolhido e se por lá o dólar também pode ser usado. Fique atento também às cotações diárias, assim você economiza na hora de fazer o câmbio de dólares!
E se você precisar de um parceiro na hora do câmbio para viajar no inveno, não se esqueça do Bidollar! Além de proporcionar cotações em tempo real, oferecemos as melhores taxas do mercado!

//]]>